Alimentação Saudável


Comparação de Dietas

comparacao_dietas_mais_popularesNo ano passado, foi feito um estudo pelo investigador de Yale no campo da nutrição, Dr. David Katz, cujo objetivo era tentar encontrar a dieta mais eficaz e ao mesmo tempo saudável.
No artigo, é feita uma comparação entre as dietas mais populares, desde a vegan, à paleo, às de baixo teor de gordura ou hidratos de carbono, até à mediterrânea. Segundo Katz, foi criada uma noção de propaganda em torno destas dietas que acabam por ser elas a junk food que nos alimenta, isto é, todas as promessas de perfeição acabam por ser perigosas para a saúde.
De acordo com o seu estudo, nenhuma destas dietas deve ser considerada a melhor, embora todas elas tenham alguns elementos benéficos em comum, como é o caso da proibição de alimentos processados.
Katz afirma que a dieta mediterrânea é bem mais favorável do que, por exemplo, uma dieta com baixo teor de gordura, tal como uma dieta rica em hidratos de carbono selecionados (como os grãos inteiros) é melhor do que uma que baixe drasticamente os valores de hidratos de carbono ingeridos. Relativamente à dieta paleo, o investigador não tem dúvidas – só faria sentido segui-la se vivêssemos ainda no Paleolítico, visto que a composição da carne ingerida não é a mesma e que grande parte das plantas que eram então consumidas está já extinta.
Em que ficamos então? A conclusão é simples, quem ganha acaba por ser a comida da natureza! Desaconselhando todas as dietas extremistas e radicais, o investigador conclui que o importante é a escolha dos produtos. Os alimentos que vêm diretamente da natureza, o que não inclui apenas frutas e vegetais, mas também grãos, sementes e bagas, trazem grandes benefícios para o nosso organismo, nomeadamente na prevenção de doenças como o cancro ou doenças de foro cardíaco. A dieta mediterrânea, por exemplo, está associada ao combate de doenças degenerativas e à preservação das funções cognitivas, entre tantos outros exemplos.
Assim, se escolhermos comer o que a natureza tem de melhor para nos oferecer em detrimento de alimentos processados e saturados, não temos tantos motivos para nos preocupar, pois os nutrientes fazem o seu trabalho.

Referências:
http://www.theatlantic.com/health/archive/2014/03/science-compared-every-diet-and-the-winner-is-real-food/284595/

Back to Top